• Cris Azevedo

Retrospectiva 2020

Êta ano complicado... Vamos aos acontecimentos.

Janeiro

Inhotim - Sem ter a mínima noção do que viria acontecer no ano de 2020, fomos conhecer o Instituto Inhotim que é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e considerado o maior museu a céu aberto do mundo e Jardim Botânico. Escolhi não ler nada sobre o assunto e foi muito bom pelas gratas surpresas que tivemos.

.

Não vou me aprofundar no tema, pois estamos falando aqui de retrospectiva e pretendo fazer um post apenas para falar desse magnífico lugar.


Cidades Históricas Mineiras - Nessas cidades inspiradoras, muito do que vi e senti viraram ideias para novos produtos - como as luminárias de pedra sabão e opalinas com desenhos autorais que foram lançadas na feira Paralela Design em fevereiro.


Fevereiro

Feira Paralela Design - Participei como expositora da feira Paralela no Pavilhão da Oca no Ibirapuera e também fui visitar como designer a feria Abup. Ainda sem saber o que viria acontecer no Brasil, tudo estava praticamente "normal".


Março

No mês em que tivemos a primeira morte no Brasil pela Covid-19, nos trancafiamos em casa sem saber direito o que estava por vir. Medos e inseguranças nos rodeavam a todo instante. Lembro-me direitinho da última vez que saí para jantar em um restaurante: foi no dia 17 de março.


Abril

A feira Isalone que acontece em Milão foi adiada e eu cancelei minha viagem.

Comecei então a pensar em novas alternativas, estudar sozinha novas possibilidades de vender minhas peças através das mídias digitais e também fiz alguns cursos online, um deles com o Carlos Ferreirinha.

Fiz também a minha primeira live com a minha amiga Vivian Reimers, falando como foi nossa primeira viagem juntas para visitar a Feira de Milão. Detalhe: antes dessa viagem, eu mal conhecia a Vivian. Foi nessa viagem que resolvemos fazer algum trabalho em parceria e assim nasceu a Coleção Arte Chiquitana.


Maio e Junho

Com o mundo em quarentena, o tema predominante a partir de maio era #ficaemcasa.


Julho e Agosto

Recebi um convite para participar da primeira exposição coletiva de arte no Museu Casa de Portinari em Brodowski para homenagear o grande pintor brasileiro Cândido Portinari - claro que tudo virtualmente.

Sabendo que estávamos passando por uma seca nunca vista igual no Brasil e várias regiões começavam a sofrer com inúmeras queimadas, resolvi fazer a minha obra baseada nesse tema:


Setembro

Fomos comemorar meu aniversário na fazenda Rio Claro, fonte de todas as minhas inspirações para a Coleção Emoções Rurais. A região estava muito, muito seca e ainda tinha sofrido com a geada. Ficamos sabendo que havia um foco de incêndio na mata da fazenda vizinha, mas mal poderíamos imaginar que o fogo se espalharia brutalmente e, 10 dias depois, 90% da mata da fazenda Rio Claro e seu pasto acabariam queimados também. Acho que esse foi um dos momentos mais apavorantes e tristes que já passei.

Como se estar vivendo uma pandemia não fosse trágico o suficiente..


Fazenda Rio Claro Arranjo do que sobrou no meu vaso Mãos


Ainda em setembro, bem triste com o que havia acontecido na fazenda Rio Claro e o que seguia acontecendo no Pantanal, juntei forças e convidei a minha professora de ilustração naturalista e botânica, Cristiane Gardim, para criar uma coleção conjuntamente: a coleção Animais Silvestres. Juntas escolhemos animais em risco de extinção e nos unimos à Fundação Ecotrópica com a intenção de ajudar. 10% da venda dessa Coleção é destinada aos cuidados dos animais do Pantanal que, por conta das queimadas, ficaram especialmente em risco. O animais escolhidos e representados são:

Tangarazinho, Soldadinho do Araripe, Bugio Ruivo, Tamanduá Bandeira, Lobo Guará e a Onça Pintada.


Outubro

Por anos participei da Paralela feira de Design, à qual sou muito grata, e esse ano resolvi participar da minha primeira ABUP. Entrei no grupo DA - dos artistas e artesãos com produtos autorais. Foi tenso - pois devido aos riscos da disseminação do coronavírus, não sabíamos se a feira aconteceria ou não. Afinal a feira aconteceu seguindo protocolos de segurança, deu tudo deu certo e foi uma ótima estreia!


Novembro

Em parceria com a Galeria Botânica e curadoria de Lucila Turqueto da Casa de Valentina, fizemos uma linda exposição de mesa posta com a Coleção Emoções Silvestres. Podemos repetir, meninas, certo?


Dezembro

Está quase acabando, mas ainda não acabou... Junto com a Escola de Joalheria e Arte Casulo fizemos uma venda Especial de Natal com pronta entrega e queremos repetir a dose com certeza! E fica a dica: em 2021 a escola vai ter turmas especiais para aulas de joalheria contemporânea.


Desejo a todos que 2021 seja bem mais leve, com vacina e cura dessa pandemia para podermos novamente nos abraçar, beijar e amar.



Cheers!!!

Cris Azevedo

4 visualizações0 comentário